glu

/ / Congresso promulga imunidade tributária para obras musicais brasileiras

Emenda Constitucional dá a CDs, DVDs e arquivos digitais com músicas de autores brasileiros o mesmo tratamento que já têm livros, revistas e jornais.
Luis Macedo / Câmara dos Deputados
Promulgação da Emenda Constitucional nº 75, de 2013 - (PEC da Música)
Sessão do Congresso em que foi promulgada a Emenda Constitucional da chamada PEC da Música.
O Congresso promulgou nesta terça-feira a Emenda Constitucional 75, que impede a criação de imposto sobre os CDs, DVDs e arquivos digitais produzidos no Brasil com obras musicais de autores brasileiros. A proposição legislativa que deu origem à emenda, a Proposta de Emenda à Constituição 98/07, a chamada PEC da Música, é de autoria do deputado Otávio Leite (PSDB-RJ). A sessão de promulgação foi presidida pelo senador Renan Calheiros, presidente do Senado.
Otávio Leite destacou a importância da alteração constitucional para o País. Segundo ele, a emenda “introduz na Constituição uma regra nova em defesa da cultura nacional”. Leite disse também que a proposta recebeu amplo apoio durante sua tramitação na Câmara e no Senado.
Segundo ele, o apoio mostra que “é possível construir regras jurídicas que ultrapassem o interesse eleitoral mais imediato”.
Regras iguais
O presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, disse que a emenda estende à música o mesmo tratamento que a Constituição dispensa aos livros, revistas, periódicos e papel-jornal, que também possuem imunidade tributária. Segundo ele, a medida “resultará em grandes benefícios aos profissionais da música, desde as pequenas às grandes gravadores”.

Alves lembrou que a carga tributária sobre a indústria fonográfica alcança 30% do preço cobrado do consumidor. Isso faz com que a música estrangeira acabe pagando menos impostos, na origem, que os artistas nacionais. “A partir da agora, a dura carga tributária sai de cena, cedendo palco à imunidade tributária”, afirmou.
A ministra da Cultura, Marta Suplicy, disse que a promulgação é um dia histórico para músicos e consumidores. “É uma emenda importante, porque democratiza o acesso aos bens culturais”, afirmou a ministra. Ela disse ainda que a expectativa é de que haja uma redução no preço desses produtos e o desestímulo à venda de produtos piratas.
Agradecimento de Fagner
Segundo o cantor Fagner, a imunidade tributária era esperada com ansiedade pela classe artística: "Precisa saber a burocracia que existe, mas todo mundo nos recebeu muito bem. A gente sabia que existiam interesses contrários da Zona Franca, mas todo o Congresso, a Câmara sinalizando que ia nos ajudar e, graças a Deus, hoje chegamos ao fim", disse o cantor. 

Fagner lembrou ainda que "muita gente ao longo desses anos participou, pessoas anônimas, artistas, tudo capitaneado pelo deputado Otávio Leite. Então, é uma vitória legal. Acho que hoje foi o dia que a nossa classe estava esperando", festejou.


Da Redação/JJ
Com informações da Agência Senado

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'

«
Próximo

Postagem mais recente

»
Anterior

Postagem mais antiga

Publicado por I. Malförea

Siga-nos nas redes sociais e plataformas de streaming:

Nenhum comentário :

Leave a Reply

CDS, MP3, MÚSICAS CIFRADAS, ZINE E TUDO MAIS NO SITE OFICIAL DA DISTINTIVO BLUE:
http://www.distintivoblue.com

ASSINE O CANAL DA DISTINTIVO BLUE NO YOUTUBE:
http://www.youtube.com/distintivoblue

SIGA A DISTINTIVO BLUE NO TWITTER:
http://www.twitter.com/distintivoblue

SIGA A DISTINTIVO BLUE NO INSTAGRAM:
http://www.instagram.com/distintivoblue

CURTA A FANPAGE DA DISTINTIVO BLUE NO FACEBOOK:
http://www.facebook.com/distintivoblueoficial

SIGA-NOS NO BANDSINTOWN E SAIBA DOS NOSSOS SHOWS COM ANTECEDÊNCIA:
http://www.bandsintown.com/DistintivoBlue

CONTRATE A DISTINTIVO BLUE:
contato@distintivoblue.com

----------

OUÇA A DISTINTIVO BLUE:

NO SPOTIFY:
https://open.spotify.com/artist/5WBBzGauVrhPvNQ201XyYx

NA ITUNES STORE:
https://itunes.apple.com/br/artist/distintivo-blue/id457511491

NA DEEZER:
http://www.deezer.com/artist/4653226

NA RDIO:
http://www.rdio.com/artist/Distintivo_Blue/

NA GOOGLE PLAY:
https://play.google.com/store/music/artist/Distintivo_Blue?id=Akbxkaxwhmjn4pnnjkuz4rdyfvq

NA ONERPM:
https://onerpm.com.br/distintivoblue

NA AMAZON:
http://www.amazon.com/s/ref=ntt_srch_drd_B00D6LVAHC?ie=UTF8&field-keywords=Distintivo%20Blue&index=digital-music&search-type=ss

Congresso promulga imunidade tributária para obras musicais brasileiras

Emenda Constitucional dá a CDs, DVDs e arquivos digitais com músicas de autores brasileiros o mesmo tratamento que já têm livros, revistas e jornais.
Luis Macedo / Câmara dos Deputados
Promulgação da Emenda Constitucional nº 75, de 2013 - (PEC da Música)
Sessão do Congresso em que foi promulgada a Emenda Constitucional da chamada PEC da Música.
O Congresso promulgou nesta terça-feira a Emenda Constitucional 75, que impede a criação de imposto sobre os CDs, DVDs e arquivos digitais produzidos no Brasil com obras musicais de autores brasileiros. A proposição legislativa que deu origem à emenda, a Proposta de Emenda à Constituição 98/07, a chamada PEC da Música, é de autoria do deputado Otávio Leite (PSDB-RJ). A sessão de promulgação foi presidida pelo senador Renan Calheiros, presidente do Senado.
Otávio Leite destacou a importância da alteração constitucional para o País. Segundo ele, a emenda “introduz na Constituição uma regra nova em defesa da cultura nacional”. Leite disse também que a proposta recebeu amplo apoio durante sua tramitação na Câmara e no Senado.
Segundo ele, o apoio mostra que “é possível construir regras jurídicas que ultrapassem o interesse eleitoral mais imediato”.
Regras iguais
O presidente da Câmara, Henrique Eduardo Alves, disse que a emenda estende à música o mesmo tratamento que a Constituição dispensa aos livros, revistas, periódicos e papel-jornal, que também possuem imunidade tributária. Segundo ele, a medida “resultará em grandes benefícios aos profissionais da música, desde as pequenas às grandes gravadores”.

Alves lembrou que a carga tributária sobre a indústria fonográfica alcança 30% do preço cobrado do consumidor. Isso faz com que a música estrangeira acabe pagando menos impostos, na origem, que os artistas nacionais. “A partir da agora, a dura carga tributária sai de cena, cedendo palco à imunidade tributária”, afirmou.
A ministra da Cultura, Marta Suplicy, disse que a promulgação é um dia histórico para músicos e consumidores. “É uma emenda importante, porque democratiza o acesso aos bens culturais”, afirmou a ministra. Ela disse ainda que a expectativa é de que haja uma redução no preço desses produtos e o desestímulo à venda de produtos piratas.
Agradecimento de Fagner
Segundo o cantor Fagner, a imunidade tributária era esperada com ansiedade pela classe artística: "Precisa saber a burocracia que existe, mas todo mundo nos recebeu muito bem. A gente sabia que existiam interesses contrários da Zona Franca, mas todo o Congresso, a Câmara sinalizando que ia nos ajudar e, graças a Deus, hoje chegamos ao fim", disse o cantor. 

Fagner lembrou ainda que "muita gente ao longo desses anos participou, pessoas anônimas, artistas, tudo capitaneado pelo deputado Otávio Leite. Então, é uma vitória legal. Acho que hoje foi o dia que a nossa classe estava esperando", festejou.


Da Redação/JJ
Com informações da Agência Senado

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura 'Agência Câmara Notícias'

Nenhum comentário

CDS, MP3, MÚSICAS CIFRADAS, ZINE E TUDO MAIS NO SITE OFICIAL DA DISTINTIVO BLUE:
http://www.distintivoblue.com

ASSINE O CANAL DA DISTINTIVO BLUE NO YOUTUBE:
http://www.youtube.com/distintivoblue

SIGA A DISTINTIVO BLUE NO TWITTER:
http://www.twitter.com/distintivoblue

SIGA A DISTINTIVO BLUE NO INSTAGRAM:
http://www.instagram.com/distintivoblue

CURTA A FANPAGE DA DISTINTIVO BLUE NO FACEBOOK:
http://www.facebook.com/distintivoblueoficial

SIGA-NOS NO BANDSINTOWN E SAIBA DOS NOSSOS SHOWS COM ANTECEDÊNCIA:
http://www.bandsintown.com/DistintivoBlue

CONTRATE A DISTINTIVO BLUE:
contato@distintivoblue.com

----------

OUÇA A DISTINTIVO BLUE:

NO SPOTIFY:
https://open.spotify.com/artist/5WBBzGauVrhPvNQ201XyYx

NA ITUNES STORE:
https://itunes.apple.com/br/artist/distintivo-blue/id457511491

NA DEEZER:
http://www.deezer.com/artist/4653226

NA RDIO:
http://www.rdio.com/artist/Distintivo_Blue/

NA GOOGLE PLAY:
https://play.google.com/store/music/artist/Distintivo_Blue?id=Akbxkaxwhmjn4pnnjkuz4rdyfvq

NA ONERPM:
https://onerpm.com.br/distintivoblue

NA AMAZON:
http://www.amazon.com/s/ref=ntt_srch_drd_B00D6LVAHC?ie=UTF8&field-keywords=Distintivo%20Blue&index=digital-music&search-type=ss