glu

Abril 2011

http://www.blogdoanderson.com/v2/wp-content/uploads/2009/12/SOMDATRIBO.jpg
Aumente o som e ouça em tempo real O Som da Tribo de hoje:

O Som da Tribo é um programa independente, com mais de 15 anos de existência. Transmitido todos os sábados, das 19h às 21h pela 96FM (Vitória da Conquista-BA, cidade-natal da Distintivo Blue). Focado no rock, mas sem fechar os olhos para outros gêneros considerados alternativos, é um dos grandes parceiros da DB. Comandado por Miguel Côrtes, possui vários colaboradores, incluindo o nosso site. Clique no player abaixo para ouví-lo em tempo real.

Site oficial: www.somdatribo.com
Twitter: @osomdatribo




















Do G1, em São Paulo


O guitarrista inglês Eric Clapton (Foto: Divulgação)
O guitarrista inglês Eric Clapton (Foto: Divulgação)

A produtora XYZ Live confirmou na noite desta quinta-feira (28) as apresentações que o guitarrista Eric Clapton fará no Brasil em outubro. O músico toca no dia 6 em Porto Alegre (Estacionamento da Fiergs), no dia 9 no Rio de Janeiro (HSBC Arena) e no dia 12 em São Paulo (Estádio do Morumbi).

As vendas de ingressos - pelo site www.livepass.com.br - começam no dia 26 de maio para o show do Rio de Janeiro, em 15 de junho para Porto Alegre e em 23 de junho para São Paulo. Até o momento, a produtora ainda não divulgou os preços das entradas.

As apresentações, que marcam a primeira vinda do "deus da guitarra" ao país em dez anos, fazem parte da turnê de divulgação do último álbum de Clapton, lançado em 2010. Depois do Brasil, ele passará também por Buenos Aires, na Argentina (dia 14) e por Santiago, no Chile (16).

No palco, o cantor e compositor inglês será acompanhado por Steve Gadd (bateria), Willie Weeks (baixo), Chris Stanton (teclado), além das cantoras de apoio Michelle John e Sharon White.

http://s3.amazonaws.com/twitpic/photos/full/283166059.jpg?AWSAccessKeyId=AKIAJF3XCCKACR3QDMOA&Expires=1304037953&Signature=jreOsK8Rxql3EhuFmFYR1CaQ0yo%3D
http://op3cyg.blu.livefilestore.com/y1pscx_K7ipzlSQGwY0OjKOgQAUm4W6ylT3V7fQlqWoamX5Td6uDEVy-B1QN-4Jp6AD1lTBGTNqP-3D_lhePpRBAC1rZWDyj0Mg/fly%20bebados%20habilidosos.jpg?psid=1
http://www.smokestacklightnin.com/images/mud_morganfield_front.jpg

Mud Morganfield, filho do famoso Muddy Waters (1915-1983), em turnê na América do Sul, apresenta o seu novo álbum “Fall Waters Fall”, sem deixar de executar alguns dos clássicos do seu pai. Fall Waters Fall foi lançado em 2008 produzindo a esperada expectativa que o trabalho do filho de uma lenda poderia criar. Há muito de Muddy Waters (cujo nome era Mc Kinley Morganfield) no trabalho de seu filho. Mud Morganfield, que tem o físico e a voz muito parecidos com o pai, nasceu em Chicago, sob o nome de Larry Williams. Primogênito de Muddy Waters, criado por sua mãe, apesar de sempre ter tido contato com música, apenas recentemente abraçou sua carreira musical dedicada ao Blues.

MUD MORGANFIELD + IGOR PRADO BLUES BAND & DONNY NICHILO
Dia 27 de Abril (quarta) às 22h30
Bourbon Street Music Club
Rua dos Chanés, 127 (Moema)
Tel: (11) 5095-6100

Ingressos: R$ 38,00


@Bourbon_st
A previsão da vinda de Eric Clapton ao Brasil em outubro foi confirmada nesta quarta-feira (27), segundo informa a colunista Mônica Bergamo no jornal Folha de S. Paulo. Os shows estão marcados para o dia 6 daquele mês em Porto Alegre (estacionamento da Fiergs), dia 9 no Rio de Janeiro (HSBC Arena) e dia 12 em São Paulo (estádio do Morumbi).Ainda não há informações sobre preço ou início das vendas de ingressos. A informação de que o guitarrista viria ao país foi divulgada no início deste mês, quando o diretor da produtora de shows Time For Fun (T4F) na Argentina, Fernando Moya, sinalizou ao jornal argentino “El Cronista”.

Além de Eric Clapton, a previsão é de que o Pearl Jam desembarque no Brasil em setembro, segundo a entrevista de Moya. Não se sabe se a banda de Eddie Vedder virá com show solo ou como atração de algum festival –no mesmo mês haverá a edição brasileira do Rock In Rio 2011. O Aerosmith, que esteve por aqui em 2010, também está cotado para voltar em novembro.De acordo com a entrevista de Moya ao jornal argentino, a filial brasileira da T4F já teria pago, em 2010, cerca de 900 mil dólares referentes aos três shows, que virão em turnê pela América do Sul, passando por Brasil, Chile e Argentina.Nos sites oficiais dos artistas não há informações sobre a turnê. A assessoria de imprensa da Time For Fun no Brasil também não confirma os shows.

***Fonte: www.uol.com.br/musica


O final de semana blueseiro vem bem, com novidades no cenário, a partir desta Sexta, com o projeto Jazz na Praça, parte da programação oficial do Roteiro Blues, que deverá manter uma programação semanal de Jazz e Blues, sempre a partir das 18 horas, na Praça do Arsenal, precedendo a programação pauleira dos bares do Recife Antigo.

Nesta Sexta, teremos a excelente Garanhuns Street Jazz Band fazendo a abertura da primeira temporada, fazendo um arrastão pelas ruas do Recife Antigo em direção à Praça do Arsenal.

Em seguida, sobe ao palco do projeto a Uptown Band e convidados especiais para uma jam session.

Então, vem o vocalista de Jazz Tony Gordon, paulista, e uma banda arrasadora.

A programação, como citamos, acaba cedo. E, sendo assim, na sequência será hora de se dirigir ao Bar Burburinho, para curtir o showzaço de João Siqueira & Midnight Man Blues e Renato Deák, numa noite guitarrística de primeira grandeza.

Quem tava mesmo reclamando que o Blues não tem espaço?

Simbora! A Sexta promete!

AGENDA DA SEMANA


ROTEIRO BLUES
Olinda Blues Style
Local: Cachaçaria Virgulino
Dia/Hora: Terça,26 de Abril/22:00hs
Endereço: Rua do Sol, ao lado da PÇ do Fortim, Olinda
Entrada: R$6,00
Mais Infos: facebook.com/recifeblues

Projeto AbluesADO
Local: Casa da Moeda
Dia/Hora: Quarta,27 de Abril/21:00hs
Endereço: Rua da Moeda, Bairro do Recife
Entrada: R$4,50

ROTEIRO BLUES
Jazz na Praça
Garanhuns Street Jazz Band, Uptown Band, Tony Gordon (SP)
Local: Praça do Arsenal
Dia/Hora: Sexta,29 de Abril/das 18hs às 23hs
Endereço: Praça do Arsenal, Bairro do Recife
Entrada: Grátis
Mais Infos: twitter.com/recifeblues

ROTEIRO BLUES
Midnight Man Blues e Renato Deák
Abertura com DJ Elcy Mojo Man
Local: Bar Burburinho
Dia/Hora: Sexta,29 de Abril/22:00hs
Endereço: Rua Tomazina 106, Bairro do Recife
Entrada: R$10,00
Mais Infos: facebook.com/recifeblues

Handmade Blues
Local: Restaurante Banquete
Dia/Hora: Sábado,30 de Abril/22:00hs
Endereço: Rua Capitão Lima, Bairro Santo Amaro
Entrada: R$5,00

ROTEIRO BLUES
Recife Blues Sessions (com ou sem chuva)
Local: Caravela's
Dia/Hora: Segunda,02 de Maio/22:00hs
Endereço: Rua do Bom Jesus, Bairro do Recife
Entrada: R$5,00
Mais Infos: facebook.com/recifeblues

ROTEIRO BLUES
Olinda Blues Style
Local: Cachaçaria Virgulino
Dia/Hora: Terça,03 de Maio/22:00hs
Endereço: Rua do Sol, PÇ do Fortim, Olinda
Entrada: R$6,00
Mais Infos: facebook.com/recifeblues
https://lh6.googleusercontent.com/-xVmfFoNM9IM/TbblYaSK45I/AAAAAAAAAlk/o7U8neb3AEU/s400/cartazconfraria2_29_04_web.jpg

Mais uma grande edição da Confraria do Blues no Dhomba trazendo um dos mestres do piano blues Sérgio Stosch e sua banda Trouble No More e também a banda Hoodoo Blues!

Sérgio Stosch, O Professor como é conhecido, é musico desde os 16 anos e viveu o surgimento do Rock n Roll. Já no fim dos anos 80 Stosch tocou na banda Mutuca & Os Animais onde cantava e tocava, depois só como Os Animais foi o líder da banda. Sérgio é especialista em Rhythm and blues e é um dos poucos pianistas em atividade que usa a mão direita para fazer acompanhamento melódico do contra baixo, técnica comum entre os antigos músicos de Rock e Blues.
Sérgio Stosch vem acompanhado da banda Trouble No More que é Zé Carlos Andrade na guitarra; Luiz Dalbem na outra guitarra; Wagner Lagemann no baixo e Rafael Becker na bateria. Sem dúvida um show imperdível!

A banda Hoodoo Blues é uma das bandas mais atuantes da cidade e executará grandes clássicos do blues de nomes como Eric Clapton, B.B. King, Steve Ray Vauhgan, entre muito outros e vem com Rodrigo Mohr nos vocais, Humberto Maciel na guitarra, Rafael Scheffer na bateria, Algeci Junior guitarra e vocal, Marcio Carvalho na harmônica e Tales Potrich no baixo.

Depois dos shows é claro que rola a tradicional jam session da Confraria onde todos os musicos presentes participam. Também teremos como sempre sorteios de dvds da Toca do Disco.

CONFRARIA DO BLUES
29 DE ABRIL, SEXTA, 22HRS
SERGIO STOSCH & TROUBLE NO MORE E HOODOO BLUES

DHOMBA
LIMA E SILVA, 1037 - CIDADE BAIXA
RESERVAS: 32241701

INGRESSOS: 20,00 NA LISTA E 25 SEM LISTA

MANDE SEU NOME PRA LISTA ATÉ SEXTA ÀS 18HRS:
confrariadoblues@gmail.com

APOIO:
TOCA DO DISCO, SERRRANO AMPS, CERVEJAS CORUJA.

Nesta TERÇA, 26 de ABRIL, tem mais OLINDA BLUES STYLE (Todas as terças)

Simbora que a vibe não pára!!!!

Semana passada foi style de mais, e essa vai ser mais ainda, como sempre tem sido.

O nome da banda é OLINDA BLUES STYLE:

RICO "coisa linda" BLUESTAMONTES vocais
RODRIGO "morceguette" MORCEGO na guitarra e vocais
GUSTAVO "de camisa" ALBUQUERQUE no teclado
BRUNO "Vai ter hoje?" ANDRADE no baixo
JÚNIOR "Bongôs" do JARRO na bateria
MARQUINHO "já tô chegando" ARANHA no trumpete
IBRAHIN "não consegui avisar" GENUINO no trombone

A festa é uma jam session aberta, e qualquer músico pode chegar pra tirar um som com a gente, valeu batata?

É TERÇA,22hs, no VIRGULINO, OLINDA,R$6
http://images.orkut.com/orkut/photos/OgAAAGuPSJeM2DoscTrJ2mblvA9aiBnuUmDVrLPUB0PnO_4-1YeIvX6lREGgMtCpp9EcUwf7_q5CrIkpNVXhe431CSYAm1T1UK3oxF-yS1AizkRpto3pSZNcR7Ko.jpg

Comemorando os 100 anos da Praça Saens Pena

27 de abril as 16h

Varias Bandas + Diversas Atrações

Produção: SESC Tijuca

ENTRADA FRANCA



Wagner José e seu Bando (RJ) - O Show da Minha Vida

A partir da Sexta-Feira 29 de Abril, começando as 18hs (toda semana) começa a rolar um novo projeto de Jazz e Blues no Bairro do Recife, logo ali na Praça do Arsenal, como parte do Projeto Virada Recife Antigo, criado pelo secretário André Campos e capitaneado pelo produtor Giovanni Papaleo (o mesmo do Garanhuns Jazz e Porto Jazz).

O evento que irá se chamar Jazz na Praça, deve trazer a Recife alguns nomes bem legais do cenário brasileiro, e também ser mais um espaço aberto para a cena de Blues e Jazz recifense.

Jazz na Praça integra oficialmente a programação do ROTEIRO BLUES, em mais uma parceria produtiva de Papaleo com as movimentações da cena promovida pelo Recife Blues.

Bandas interessadas em participar da programação do projeto devem entrar em contato urgente com a produção do evento pelo email gipapa@globo.com, enviando mp3, release, fotos em alta qualidade e proposta de cachê.

Na primeira edição, o projeto traz a Recife o vocalista de Jazz Tony Gordon (foto), e abertura com a Street Jazz Band de Garanhuns.

Showzaço imperdível.

Jazz na Praça
Tony Gordon e Street Jazz Band
Local: Praça do Arsenal
Dia/Hora: Sexta,29 de Abril/18:00hs
Endereço: Praça do Arsenal, Bairro do Recife
Entrada: Grátis

Fonte: Recife Blues
http://www.allaboutjazz.com/photos/profile/cole_instudio.jpg
Nat King Cole



Páscoa ao som do Blues. Quer coisa melhor?


Cá estamos, ora pois! Domingo de Páscoa, dia de reunir a família, jogar conversa fora e... curtir boa música juntos! Por que não colocar o Blues nessa história? Na PLAYLIST desta semana temos grandes faixas, que servirão como uma ótima trilha sonora para os próximos dias.
Começando com o monstro da guitarra e voz, Buddy Guy: Na faixa 74 Years Old(não por acaso a idade do homem), do álbum Living Proof, do ano passado. Em seguida Bonnie Raitt, que tive a honra de ouvir pela primeira vez no álbum The Healer, do John Lee Hooker. Esta é de 1972, primeira faixa do álbum Give it Up. Simplesmente perfeito este disco. A faixa 4 traz a banda americana The Black Crowes com a faixa Shady Grove. Você também pode conferir o vídeo desta mesma versão aqui. Direto do DVD Cabin Fever, de 2009.
Na faixa 5 temos a banda britânica numa versão ótima de I Can't Quit You Baby, do Willie Dixon, retirada do disco British Blues Heroes: Eric Clapton & Friends. Falando em Clapton, voltemos ao presente. Em seu último álbum, Clapton, do ano passado, temos essa pérola, uma versão de uma canção da década de 40 chamada Autumn Leaves. Está no top 3 das melhores deste disco, em minha opinião. Que tal buscar o disco e ver se concorda ou não?
Faixa 7: O cantor Arthur Alexander, falecido em 1993, num de seus maiores sucessos, Soldier of Love, lançada na década de 60. Mais um Artur, desta vez o cearense Artur Menezes, na faixa Please Give me a Chance. O rapaz, apesar da pouca idade é um dos grandes nomes da guitarra blueseira no país. Volta e meia seu nome aparece aqui no site. Ainda no nordeste, temos em seguida a Damned Blues Band, do Rio Grande do Norte. A faixa Minha Arte Lasciva é uma das melhores do recém-lançado EP Na Contramão da Lucidez. Vale a pena conferir.
A faixa seguinte me foi enviada pelo amigo e poeta Jean Cláudio, seguida de uma poesia que ainda estou tentando musicar. Blues Guitar Solo, do americano Roy Buchanan. Apesar de sua grande musicalidade, teve um fim trágico: se enforcou após ser preso, em 1988. Finalizando a PLAYLIST temos a faixa You Better Run, do álbum(na verdade uma coletânea) homônimo do Junior Kimbrough(2002). Seu vocal por vezes me lembra o do Hendrix em alguns trechos.
Aí está uma boa sugestão de trilha sonora para a semana que começa. Caso tenha sugestões, críticas ou comentários, usem o espaço ao fim deste post. Queremos a sua opinião. Um bom domingo de Páscoa e até a semana que vem com mais uma PLAYLIST.

I. Malforea
http://www.blogdoanderson.com/v2/wp-content/uploads/2009/12/SOMDATRIBO.jpg
Aumente o som e ouça em tempo real O Som da Tribo de hoje:

O Som da Tribo é um programa independente, com mais de 15 anos de existência. Transmitido todos os sábados, das 19h às 21h pela 96FM (Vitória da Conquista-BA, cidade-natal da Distintivo Blue). Focado no rock, mas sem fechar os olhos para outros gêneros considerados alternativos, é um dos grandes parceiros da DB. Comandado por Miguel Côrtes, possui vários colaboradores, incluindo o nosso site. Clique no player abaixo para ouví-lo em tempo real.

Site oficial: www.somdatribo.com
Twitter: @osomdatribo




















A Fundação de Hematologia e Hemoterapia da Bahia (Hemoba), criada pela Lei Estadual 5183 de 1989, faz parte da Administração Indireta, está vinculada à Secretaria da Saúde-SESAB, e é responsável pela aplicação da Política Nacional do Sangue no Estado da Bahia.

A Hemoba é composta por uma rede de 24 Unidades Hemoterápicas de coleta e processamento de sangue, entre Hemocentros e Bancos de Sangue públicos em todas as regiões do Estado.

A Missão da Hemoba é receber as doações de sangue da população, processar o sangue doado, produzindo os hemocomponentes (concentrados de hemácias, plaquetas e outros), e fornecê-los aos pacientes do SUS nos hospitais da rede própria de assistência, seja estadual, municipal ou federal, e também nos hospitais contratados do SUS, em qualquer tipo de gestão, na Bahia.

Para manter o suprimento de bolsas de sangue nas unidades de saúde da rede estadual, a Hemoba promove regularmente oficinas de capacitação de agentes multiplicadores, ações e campanhas de incentivo à doação voluntária. Além da doação de sangue, a Hemoba também recebe a inscrição de doadores voluntários para compor o Cadastro Nacional de Doadores de Medula Óssea para Transplantes do REDOME.

A Hemoba também é centro de referência estadual para atendimento especializado em doenças hematológicas benignas, disponibilizando tratamento médico, odontológico, fisioterápico e acompanhamento psicológico. Entre as atividades desenvolvidas, está o acompanhamento dos pacientes hemofílicos e o gerenciamento da distribuição dos fatores de coagulação.

ENDEREÇOS E TELEFONES DAS UNIDADES DA HEMOBA NO ESTADO DA BAHIA

SALVADOR
HEMOCENTRO COORDENADOR

AV. VASCO GAMA S/N – CEP: 40.286-240 - COMPLEXO HGE, HEMOBA E CICAN – RIO VERMELHO. FONE: (71) 3116-5603

HOSP STº ANTÔNIO - OBRAS SOCIAIS IRMÃ DULCE
AVENIDA BONFIM,161 LARGO DE ROMA
FONE: 71-3310-1219 – FAX: 3310-1140

EUNÁPOLIS
HEMOCENTRO REGIONAL DO EXTREMO SUL
AV. BRILHANTE, S/Nº BAIRRO-PEQUI.
FONE: (73) 3281-3266/3260 – FAX (73) 3261-1845

ALAGOINHAS
UCT HEMOBA

PRAÇA GRACILIANO DE FREITAS, S/N°–CEP. 48.100-000
ANTIGO BISTRÔ
FONE: (75)3422-2042

BARREIRAS
UCT HEMOBA

RUA DO ANTIGO AEROPORTO Nº 500, BAIRRO - VILA AMORIM (HOSPITAL DO OESTE)
FONE: (77) 3612-9450 – FAX:(77)-3612-9415

BRUMADO
UCT HEMOBA

RUA MANOEL FERNANDES DOS SANTOS, 87 – JD BRASIL TELEFAX: 77-3441-1363

CAMAÇARI
UCT HEMOBA

AV JORGE AMADO, S/N - JD LIMOEIRO
TELEFAX: (71)3644-4252

FEIRA DE SANTANA
UCT HEMOBA

AV. EDUARDO FRÓS DA MOTA, S/N 35
TELEFAX: (75)3221-6888

GUANAMBI
UCT HEMOBA

RUA DR. JOSÉ UMBERTO NUNES, 1750 – PARAISO
(HOSPITAL REGIONAL) TELEFAX: (77)3451-6060

IRECÊ
UCT HEMOBA

PRAÇA TEODORO SAMPAIO, S/N – CENTRO
TELEFAX: (74)3641-3308

ITABERABA
UCT HEMOBA

AV. BRIGADEIRO EDUARDO GOMES, 600 – CENTRO
TELEFAX: (75)3251-2575

ITAPETINGA
UCT HEMOBA

AV CINQUENTENÁRIO, S/Nº
TELEFAX: (77)3261-2258

JACOBINA
UCT HEMOBA

PRACA RUI BARBOSA, S/N°
TELEFAX: (74)3621-9397

JEQUIÉ
UCT HEMOBA

RUA SÃO CRISTOVÃO, S/N – CENTRO
FONE: (73)3528-7153/54/59 – FAX: (73) 3525-0067

JUAZEIRO
UCT HEMOBA

RUA JOAQUIM BISPO DOS SANTOS, S/N – STº ANTÔNIO
TELEFAX: (74) 3611-7532/0054

PAULO AFONSO
UCT HEMOBA

RUA DAS CARAIBEIRAS, S/Nº - GENERAL DULTRA (CHESF)
FONE: (75)3282-2710/ 2222

RIBEIRA DO POMBAL
UCT HEMOBA

RUA JÚLIO GUERRA DE ALMEIDA, S/N CENTRO
TELEFAX: (75) 3276-1268

SANTO ANTONIO DE JESUS
UCT HEMOBA

AV. LUIZ ARGOLO, 128 CENTRO
FONE: (75) 3632-2725/2313/2704
FAX: (75)3632-2986

SEABRA
UCT HEMOBA

PRAÇA DA BANDEIRA, 100, CENTRO
TELEFAX: (75)3331- 3576

SENHOR DO BOMFIM
UCT HEMOBA

PRAÇA DUQUE DE CAXIAS, 172 – CENTRO
TELEFAX: (74) 3541-3256

TEIXEIRA DE FREITAS
UCT HEMOBA

AV. PRESIDENTE GETULIO VARGAS, 2909 - BELA VISTA TELEFAX: (73) 3011-2739 / 2740

VITORIA DA CONQUISTA
UCT HEMOBA

AV. FILIPINAS S/N, JARDIM GUANABARA (HOSPITAL DE BASE)
TELEFAX: (77) 3425-5770/ 3424-6060

VALENÇA
UCT HEMOBA

RUA BARÃO DE JIQUIRIÇA, S/N CENTRO
FONE: (75) 3641-8425 – FAX: (75)3641-8480

http://op3cyg.blu.livefilestore.com/y1p2i-hgwYfg3Ol8TBxPWfdDUDUEjGsDANa93iYqF2jyY2P_B5D__pqeZpeIBH4Bv4by7imxRNFoMJnDqfD1evN0onpwPK4G6Qo/Blues%20por%20um%20mundo.JPG?psid=1
Fonte: HEMOBA


Olha a dica boa aí de Blues durante o feriadão... No sábado, 23 de Abril, tem Rodrigo Morcego Acústico lá na Casa de Seu Jorge, no Rosarinho.

O espaço tem um conceito interessante de lotação máxima de 50 pessoas, que vão ocupando irmanamente as mesas disponíveis. Sendo assim, se avie e chegue cedo para a vibe.

E no Domingo, tem Uptown Band na Livraria Cultura. Aquela vibe massa de tarde de Domingo.

Simbora!

AGENDA DA SEMANA


Rodrigo Morcego Acústico
Local: Casa de Seu Jorge
Dia/Hora: Sábado,23 de Abril/22:00hs
Endereço: Av Santos Dumont 1066, Rosarinho
Entrada: R$15,00

Uptown Band
Local: Livraria Cultura
Dia/Hora: Domingo,24 de Abril/19:00hs
Endereço: Shopping Paço Alfândega, Bairro do Recife
Entrada: Grátis

ROTEIRO BLUES
Recife Blues Sessions
(Caso chova, acontece na área interna do Bar)
Local: Caravela's
Dia/Hora: Segunda, 25 de Abril/22:00hs
Endereço: Rua do Bom Jesus, Bairro do Recife
Entrada: R$5,00
Mais Infos: facebook.com/recifeblues

ROTEIRO BLUES
Olinda Blues Style
Local: Cachaçaria Virgulino
Dia/Hora: Terça, 26 de Abril/22:00hs
Endereço: Rua do Sol, Carmo (ao lado da PÇ do Fortim)
Entrada: R$6,00
Mais Infos: twitter.com/recifeblues

Fonte: Recife blues
Clique na imagem para ampliá-la

Nova coleção de jazz nas bancas

Por I. Malforea

A editora Duetto, responsável pela distribuição de grandes revistas, como História Viva, Mente e Cérebro e Scientific American Brasil acaba de lançar a série de documentários "Jazz - Documentário de Ken Burns". Semanalmente teremos um novo documentário, seguindo uma ordem cronológica desde os primórdios em Nova Orleans até o ano de 2009. Vídeos raros de grandes nomes do jazz, como Armstrong, Gillespie, Coltrane, Ella Fitzgerald e até mais atuais como Wynton Marsalis fazem de cada DVD uma experiência única. Passe na banca mais próxima e conte-nos o que achou.
http://images.orkut.com/orkut/photos/OgAAACrvBP0zM5pGbZVuaD_DYqN9WlkpSY9AAmQ2_6gdT7lHXr3qR43SIPPjuQ0WJxkX0G9NEIk02m1IWHPFVItFVbAAm1T1UMXmALPVR8UmO1cnv0K_ZN7aEXuK.jpg
O cantor KEKO PIRES fará no próximo sábado mais um TRIBUTO A ERIC CLAPTON o instrumentista já havia feito outros tributos em homenagem a um dos maiores guitarristas do mundo. Para este show em especial, KEKO pretende rechear o repertório com grandes clássicos e de diversas fases da carreira de Clapton. Para acompanhá-lo, o anfitrião da noite convidou o guitarrista OYAMA BITTENCOURT, músico experiente em diversos trabalhos de blues, bem como, o baterista GUIGA BLUES ROCK também referência do estilo na nossa cidade. KEKO PIRES, esquenta as turbinas enquanto aguarda o lançamento do seu próximo CD/DVD que já está na “forma” e vem repleto de novidades. Imperdível!!!

O que?
TRIBUTO A ERIC CLAPTON
KEKO PIRES |OYAMA BITTENCOURT e GUIGA BLUES ROCK
Quanto?
23/04 | Sábado de Aleluia

Onde?
Farol Music Bar
Rua Odilon dos Santos, 244 – Rio Vermelho

Horas ?
22 Horas

Quanto?
R$ 10,00 (dez reais)

Informações|
http://aguasuja.ning.com/
71 9957-4653 / 3334-0170


Por I. Malforea
Blues brasileiro... Mais além: blues baiano! Talvez os velhos bluesmen de Chicago ririam se alguém lhes dissesse que um dia haveria blues fora dos EUA, assim como rimos quando vemos na TV algum gringo se arriscando no samba. Uma das grandes vantagens(por um ponto de vista, claro) de se estar num país não-considerado “de elite” é que passamos a conhecer bem os que nos influenciam, especialmente no aspecto cultural. Será por isso que aprendemos tão bem o jazz a ponto de misturá-lo com o samba e exportar(inclusive para os próprios EUA) o resultado como bossa nova? E o rock n’ roll então?

Apesar de ser o pai do rock, o blues no Brasil encontra-se anos-luz atrás de seu sucessor: não é difícil lembrar de alguns grandes poetas do BRock, ou até de classificarmos em vários estilos diferentes deste mesmo gênero. Apesar de um tanto atrasado, o rock chegou por aqui há um bom tempo, quando Elvis ainda era a grande novidade no hemisfério norte. Houve tempo o bastante para que evoluísse da jovem guarda até a Camarones Orquestra Guitarrística, por exemplo. E o que dizer do blues?

O blues sempre esteve embutido mesmo na chamada MPB, mas só há poucos anos começou a ser assumido, com artistas autodeclarados blueseiros. As primeiras bandas apareceram na região sudeste, que até hoje mantém a maior concentração de bandas de blues no país. Hoje já conhecemos vários bluesmen(e women) em outros cantos, como Mato Grosso do Sul, Goiás, Ceará e Pernambuco, mas o grande público, em geral, ainda sequer sabe que papo é esse: “azul o que?”

Temos o privilégio de testemunhar o nascimento do BRBlues: começam a aparecer as primeiras manifestações que fogem do lugar-comum, que é falar incansavelmente de bebedeiras, confusões e mais um ou dois temas que parecem simples traduções do blues americano: são muitos músicos excelentes, mas em sua maioria guitarristas ou gaitistas que resolveram cantar letras muito parecidas entre si e não raro totalmente fora de nosso contexto. Já podemos encontrar bandas brasileiras com propostas novas e começando a fazer o que fizemos com o rock: adaptá-lo ao nosso mundo e torná-lo nosso.

Tocar blues atualmente é fazer o trabalho de um bandeirante: todas as bandas são pioneiras e carregam a grande responsabilidade de mostrar ao povo que o blues é muito mais que “aquelas músicas de strip-tease”. É um gênero alternativo ao que se chama hoje de alternativo. Mesmo esse público mostra resistência ao som do Mississipi. Como explicar tanta dedicação diante de tamanha dificuldade? Empatia, ou simplesmente amor ao blues. O principal objetivo da música é comover, emocionar. Logo, grande parte desses pioneiros do BRBlues encontraram a melhor forma de torná-lo seu, que é através da identificação, mesmo que para isso nenhum de nós precisemos trabalhar numa lavoura de algodão ou ter de se submeter a assentos para brancos ou negros no ônibus.

O blues traduz o que a alma diz, em reação ao ambiente. Por que não seria possível cantá-lo por aqui? Seria o mesmo que dizer que a rebeldia e o protesto do rock fossem exclusividade de alguns, em determinado ponto do globo. Isso é a globalização, que nunca destruirá completamente o regional. Vamos todos assistir de camarote ao crescimento do BRBlues.
Hora
terça, 19 de abril · 19:30 - 22:30

Localização
BOTECONE - TRAVESSA CRISTAL




Mais informações
VENHA RELAXAR E SE DIVERTIR COM UM SHOW SURPREEDENTE...
DUDU KING - GUITARRA
BRUNO CHIOZZO - BAIXO
ALEXANDRE LECLAIR - BATERIA
PAULO PEÇANHA - PERCUSSÃO

O Sol Também Se Levanta - Blues Etílicos
Vídeo e Fantoches por Tiago Dias


Sim, meus caros... O tempo de chuva está chegando, e cada vez mais, teremos nossa Recife Blues Sessions de TODA SEGUNDA na Rua do Bom Jesus em nova formatação, pronta para aguentar um furacão se for necessário!

Caso esteja chovendo, vá sem medo de ser feliz! Estaremos lá, como sempre!

Em dias de clima aberto, continuaremos fazendo a vibe na calçada, par aproveitar a deixa de São Pedro.

Quando a chuva for moderada, de boa, faremos ainda na calçada, mas com a proteção de toldos.

E se a chuva for daquelas porretas mesmo, estaremos de volta ao formato que iniciou a Recife Blues Sessions, tocando na área interna do Caravela's, com ar condicionado e todo conforto que os blueseiros de segunda merecem.

Por favor, espalhem a notícia, pois semana passada recebemos muitos telefonemas perguntando se realmente aconteceria o evento, com aquela chuvona.

Pois bem, a festa rolou de boa, com a casa abarrotada de turistas italianos e amigos do Blues, como nos good old times.

Simbora que hoje é dia!


Recife Blues Sessions
Local: Caravela's
Dia/Hora: Segunda,18 de Abril/22:00hs (com ou sem chuva)
Endereço: Rua do Bom Jesus, Bairro do Recife
Entrada: R$5,00
Mais Infos: twitter.com/recifeblues

Olinda Blues Style
Local: Cachaçaria Virgulino
Dia/Hora: Terça,19 de Abril/22:00hs
Endereço: Rua do Sol, Carmo (ao lado da Pç do Fortim)
Entrada: R$6,00
Mais Infos: twitter.com/recifeblues

Fonte: Recife Blues
http://www.silvertentacle.com/images/ella_and_louis1.jpg
Ella Fitzgerald e Louis Armstrong
Capa do disco Ella and Louis (1956)


A Playlist da Semana está de volta! Enjoy!

Até que enfim! O site MixPod resolveu deixar a frescura de lado e reabilitou a opção de criar playlists com seus próprios arquivos, o que significa que finalmente a Playlist da Semana está de volta! Para quem não conhecia ou não se lembra, todos os domingos, por volta do meio dia, trazemos uma lista de blueses, jazzes e afins com 10 a 12 músicas, pra refinar seu início de semana. Como as playlists são criadas através do MixPod ficamos alguns meses impossibilitados de publicar esta sessão. Não encontramos sites especializados em playlists suficientemente bons para mantê-la.
A Playlist de hoje traz uma seleção de grandes faixas e artistas. É o que andei ouvindo nas últimas semanas. Como sempre, vamos por partes: pra começar, uma incrível faixa da rainha Ella Fitzgerald no Newport Festival de 1957. Faz parte do CD "Ella Fitzgerald & Billie Holiday Live at Newport", onde cada uma ocupa uma metade do disco. Nesta faixa, Ella faz uma divertida homenagem ao seu amigo Louis Armstrong, com direito a imitação e tudo. Não me canso de escutar esta faixa. Em seguida uma grande descoberta: a banda nova-iorquina The Budos Band, numa faixa de seu último álbum, "The Budos Band III", do ano passado. O som parece gravado nos anos 70 e é simplesmente viciante. Na faixa 3 temos sim uma faixa dos anos 70, ou quase: "Black London Blues" faz parte do disco homônimo, lançado em 1969, do Ram John Holder. Podemos ouvir até o chiado do vinil. Simplesmente perfeito.
Faixa 4: um encontro de gigantes. O ícone da country music, Willie Nelson divide o palco em 2007 com um dos maiores nomes do jazz contemporâneo, Wynton Marsalis. "Ain't Nobody's Business" é a nona faixa do disco "Willie Nelson & Winton Marsalis: Two MenWith the Blues". na faixa seguinte mais nomes de peso: Natalie Cole, que esteve por aqui nos últimos dias, divide os vocais(mesmo que artificialmente) com seu pai, o inigualável Nat King Cole, em "My Baby Back Home", primeira faixa de seu último disco, "Still Unforgettable", de 2008. Logo após, um daqueles bons exemplos de artistas de outros gêneros musicais se aventurando no mundo do blues: os Scorpions, banda alemã referência no hard rock, especialmente no final da década de 80, numa versão do álbum "Acoustica", gravado ao vivo em Lisboa, lançado em 2001. "The Zoo" ficou simplesmente sensacional nesta versão acústica. Bem melhor que a original, em minha opinião.
Na faixa 7 talvez muitos tenham uma bela surpresa. Sim, é o grande cartunista americano Robert Crumb, famoso por personagens como o Mr. Natural e Fritz the Cat. Para quem não sabe, o multifacetado artista tocou banjo profissionalmente por vários anos. Aqui temos uma faixa nem um pouco maliciosa com seu grupo "Cheap Suit Serenaders" chamada "My Girl's Pussy", cheia de trocadilhos com décimas intenções. Se quiser conhecer melhor o trabalho do Crumb recomendo o livro "Blues", lançado no Brasil pela editora Conrad. Mais uma faixa incomum para leigos, "Get'n Up" faz parte da trilha sonora do famoso game "The King of Fighters 96", música do "New Woman Fighters Team". Não é a primeira vez que digo por aqui que os japoneses são incríveis no quesito trilha sonora. Grande jazz!
Na faixa 9 temos o Barão Vermelho em seu primeiro álbum sem o Cazuza, com Frejat ainda se descobrindo como vocalista (1986). "Bumerangue Blues" é uma das primeiras versões da "Boomerang Blues", do Renato Russo, composta nos primórdios de sua carreira, em Brasília. Avançando no tempo chegamos ao ano passado, quando a estrela pop Cyndi Lauper decidiu quebrar todos os tabus e lançar um disco de blues, "Memphis Blues", onde divide o espaço com várias celebridades, incluindo BB King e Charlie Musselwhite. Nesta faixa, a regravadíssima "Rollin' and Tumblin" é cantada com Ann Peebles, cantora de soul de Memphis. Cyndi também esteve por aqui recentemente na turnê do álbum.
Pra terminar, não poderia faltar nossa música mais recente, "Você Roubou o Meu Pendrive", que acaba de sair do forno. Uma letra descontraída e sem grandes pretensões, regada a três violões muito bem executados por Camilo Oliveira e Rômulo Fonseca. Você pode baixá-la, ver a letra cifrada e um pouco de história clicando aqui.
Esta é a nossa Playlist da Semana. Fique à vontade para comentar (no espaço específico abaixo) e sugerir. Caso perceba algum defeito na playlist, nos informe no mesmo local. Domingo que vem voltaremos com mais uma Playlist. Aproveite para pesquisar um pouco sobre alguns dos artistas desta semana. Conhecimento nunca é demais e escutar música sabendo um pouco sobre ela é bem melhor. Um grande abraço e um bom restinho de domingo pra você.

I. Malforea
https://www.mpost.com.br/repositorio/bourbon/natalie-cole-radio.jpg

Nesta Sexta-Feira, dia 15 de Abril, toda a maluquice e pegada soul da Olinda Blues Style vai rolar lá no Roteiro Blues do Bar Burburinho, o que é uma bela oportunidade para aqueles que ainda não tiveram a chance de curtir esta moçada (pois o Olinda Blues Style toca tradicionalmente às Terças de madrugada em Olinda).

Pra quem ainda não ligou o nome à pessoa, a Olinda Blues Style é a banda que junta no mesmo palco Rico Bluestamontes (voz), Rodrigo Morcego (guitarra), Gustavo Albuquerque (teclado), Bruno Andrade (baixo), Júnior do Jarro (bateria) e a metaleira style de Marquinho Aranha (trumpete da Sinfônica) e Ibrahin Genuíno (trombone da Orquestra Contemporânea de Olinda).

Este é o segundo show da banda no Burburinho, e quem já esteve no primeiro sabe a vibe que é. Não perca por nada!

A abertura fica a cargo de DJ Elcy Mojo Man.


AGENDA DA SEMANA


ROTEIRO BLUES
Olinda Blues Style
Local: Bar Burburinho
Dia/Hora: Sexta,15 deAbril/22:00hs
Endereço: RuaTomazina 106, Bairro do Recife
Entrada: R$10,00
Mais Infos: http://facebook.com/recifeblues

Sexta Blues
Local: Quintal Experimental
Dia/Hora: Sexta,15 de Abril/22:00hs
Endereço: Rua Dr Enéas Lucena, Rosarinho
Entrada: R$5,00

Alexandre Santiago
Local: Bar Engarrafados
Dia/Hora: Sábado, 16 de Abril/20:00hs
Endereço: Praça do Jacaré, Olinda
Entrada: R$6,00

ROTEIRO BLUES
Recife Blues Sessions
Local: Caravela's
Dia/Hora: Segunda,18 de Abril/22:00hs
Endereço: Rua do Bom Jesus, Bairro do Recife
Entrada: R$5,00
Mais Infos: www.twitter.com/recifeblues

ROTEIRO BLUES
Olinda Blues Style
Local: Cachaçaria Virgulino
Dia/Hora: Terça,19 de Abril/22:00hs
Endereço: Rua do Sol, Carmo, ao lad da PÇ do Fortim
Entrada: R$6,00
Mais Infos: www.twitter.com/recifeblues

Projeto AbluesADO
Local: Casa da Moeda
Dia/Hora: Quaxta,20 de Abril/22:00hs
Endereço: Rua da Moeda, Bairro do Recife
Entrada: R$4,50

Semana Santa Gravatá
NOITE de BLUES
João Siqueira & MIdnight Blues, Renato Deák e bandas locais
Local: Pátio de Eventos de Gravatá
Dia/Hora: Quinta,21 de Abril/22:00hs
Endereço: Gravatá
Entrada: Grátis

Fonte: Recife Blues
http://2.bp.blogspot.com/-CiFcJss0Vkg/TWT4EiMQDtI/AAAAAAAAB9A/EZ8mMEaR-mI/s1600/BigGilson_03.jpg

Big Gilson

SESC Ipiranga


Dia(s) 15/04
Sexta, às 21h.

Neste show, Big Gilson e a banda Blues Dynamite fazem um pré-lançamento do primeiro DVD LIVE! que será lançado até o meio do ano. Neste trabalho, a banda faz um apanhado das melhores músicas da carreira de Big, além de algumas canções que ele nunca tinha tocado ao vivo, bem como algumas músicas novas. Com Big Gilson (guitarras e lead vocal), Flávia Couri (baixo e backing vocal) e Gil Eduardo (bateria e backing vocal). Teatro.



Não recomendado para menores de 10 anos

R$ 16,00[inteira]
R$ 8,00[usuário matriculado no SESC e dependentes, +60 anos, professores da rede pública de ensino e estudantes com comprovante]
R$ 4,00[trabalhador no comércio e serviços matriculado no SESC e dependentes]
Sempre com shows lotados e presença de VIPs, a multiartista Candice Fiais retorna ao Balthazar, na próxima sexta(15.04), às 22h, para apresentar o seu projeto especial de blues. O couvert custa R$ 10,00 (1º andar) e R$ 15,00 (Camarote). Reservas de mesa pelo telefone 3017-4343. Em 2011, a cantora e compositora entrará em estúdio para gravar o seu CD autoral.

Nesta sexta-fera, Candice convida a baterista e jornalista Lívia Rangel; juntas as moças vão celebrar a influência do blues na carreira dos Rolling Stones. Na mesma noite, Candy ainda recebe o saxofonista Gerson Norberto que irá acompanhar a banda em algumas faixas.


A noite será uma homenagem às cantoras clássicas do gênero como Etta James, Bonnie Rait, Susan Tedeshi, Aretha Franklin, Norah Jones, entre outras, e, além de cantar, toca gaita, violão e guitarra, acompanhada por uma banda de peso, formada por músicos experientes do cenário local como CH Straatmann (Retrofoguetes), no baixo; Icaro Britto (Blues Deluxe), na guitarra; Jorginho Brasil (Armandinho, Dodô e Osmar), na bateria; e Juliano Oliveira, no teclado/piano.

Os shows desta temporada se dão em clima intimista com momentos de blues tradicional e outros com uma pegada mais soul/jazz. "Este projeto é muito especial pra mim e o retorno que tenho tido, superou as minhas expectativas. O público vem comparecendo em peso, a banda é maravilhosa... Essa semana vamos fazer um show com mais gás ainda. Quem ainda não foi conferir, tem mais esta chance", convida, Candy.

SERVIÇO:

Atração: Candice Fiais
Data: Sexta-feira, 15 de abril

Horário: 22 horas
Local: Balthazar Grill&Bar – AV. ACM – Shopping Cidade - Itaigara
Couvert: R$ 10 (1º andar) R$ 15 (camarote)
Estacionamento: aberto e com manobrista
Informações e reservas: 3017 4343 / www.balthazargrill.com.br

Informações à imprensa:


Lira Comunicação
lira.comunicacao@gmail.com
Assessoria de Comunicação
Nesta quinta-feira em São Bernardo do Campo no Armazén 6.
O som começa a rolar às 21:30 e vai até 0:30.
O bar é show de bola, tem muita variedade de cerveja, pratos suculentos e preços bem justos!!!

Armazén 6
Rua Antartico, 424
São Bernardo do Campo (KM 18 Rod Anchieta)
www.armazen6.com.br
Entrada: R$15,00
http://lh4.ggpht.com/_cRjQsLGqPLE/TaSdgcdGW3I/AAAAAAAAAOM/mAOoqI-xOr0/s400/NEWS_RR_02_060411.jpg
Grupo traça linha do tempo do blues em repertório variado

A magia do blues tem encontro marcado com os cariocas na próxima quinta-feira, dia 14, no Rio Rock & Blues Club, dentro do projeto "Uma Noite no Tennessee". Quem levará o estilo de nomes como Freddie King, Albert King e B.B King, entre outros, para o palco na Lapa será o grupo carioca Suburblues, com pouco mais de 20 anos de estrada, comandado pelo guitarrista Maurício Silveira e que conta com a forte voz de Stefania Blink. “A banda tem como trunfo a voz mais que privilegiada de Stefania Bllink [...] uma das melhores vozes do pop rock nacional”, disse o crítico Jamari França, em seu blog Jam Sessions, no site Globo Online.

O Suburblues faz uma fusão do classic rock, que foi trilha sonora dos nos anos 70, e o blues de raiz do Mississipi. Inspirado nesses dois estilos, o sexteto – completado por Alexandre Barcelos (guitarra), Jean Campelo (baixo e voz), Carlos Henrique (bateria e voz) e Márcio Loureiro (teclados e guitarra) – pinça verdadeiros clássicos para o repertório, como “Gimme Me Some Lovin’” (Freddie King), “Little By Little” (Lowell Fulson) e “You’re The Boss” (B.B. King).

Há também espaço para duas composições próprias – “Bigorna” e “Blues Dog Shuffle”, temas instrumentais do guitarrista Alexandre Barcelos – e “Can´t Give You Anything But Love”, do repertório gravado pela diva do jazz Ella Fitzgerald e Louis Armstrong, em um momento especial da vocalista Stefania Blink. Aretha Franklin, Keb’ Mo, Joss Stone e Black Crowes também entram no repertório da banda carioca.

A banda

A banda surgiu em meados de 1988, quando cinco músicos amantes do blues e moradores do Méier se reuniram para ouvir e fazer o som que influenciou o rock dos anos 70, que "bebeu" diretamente da fonte do blues. “A cena musical carioca naquela época estava muito favorável ao aparecimento de bandas que começavam a dar seus primeiros passos no blues. E o Suburblues foi uma dessas primeiras bandas”, lembra Maurício, que entrou um ano depois. Depois de diversas mudanças na formação, desde 2008 o microfone é principalmente de Stefania Blink, que trouxe novos ares e possibilidades para o repertório do grupo.

Quando: 14 de abril
Endereço: Rua do Riachuelo 20, LAPA
Horário: 21:30h
Telefone: 3684-1091
Entrada: R$ 10,00
Impróprio para menores de 18 anos
www.suburblues.com.br
http://s2.sscdn.co/uploadfile/palcomp3/fotos/5/6/e/a/11193_1253733363.jpg

Blues Na Lua de São Jorge com Paulo Moraes
DIAS 15 E 16 DE ABRIL às 20 H
END:Rua 01 Nº. 013, São Jorge, Alto Paraíso de Goiás. Tel : (62) 3455-1054
www.palcomp3.com.br/paulomoraes

http://images.orkut.com/orkut/photos/OgAAAP8G7pLJPYHgFTJR27VBwh2MATTT5nKcgjkmt1bRbbtHnwgdLcRiWlsoTx0w6qx5C3gSlOOhYsRrHcHn88GQVvwAm1T1UMESk-YbdRuYk_8ubW1N7ejOG2r2.jpg


Em turnê pelo Brasil, a cantora Natalie Cole, filha da lenda Nat King Cole, esteve ontem no Programa do Jô. Se você perdeu ou gostaria de ver novamente, aproveite!

Bonus: assista o vídeo de 1992 da apresentação onde um dueto com seu pai é criado artificialmente em Unforgettable:



Abluesados no programa Mais Esportes 2ª edição de 06/04/2011
Ablusados foi ao programa Mais Esportes para divulgar o show que aconteceu no último dia 08 em Goiânia com a Blues Etílicos.
http://op3cyg.blu.livefilestore.com/y1p95RamUmrUU3GmLEtIajtSc-wd4cBuEDCvpfTOGlKoocSPZefwPra4y8yPg5PdhjoOs8Gfn_Aob_U9tU22xJ12513lMa4izbi/Email%20Mkt%20Natalie%20Cole.jpeg?psid=1
Evento será em 19 de abril, no Bourbon Street. Peça desconto de 50%!

O rock é filho do blues, por isso a revista Blues’n’Jazz apresenta em 19 de abril, no Bourbon Street, a banda de classic rock e blues Royal Flush como atração principal. Para o show de abertura, a revista traz nada menos que um dos maiores nomes do blues no nordeste, o guitarrista cearense Artur Menezes. E antes deles subirem ao palco, lounge jazz com o guitarrista e saxofonista Adriano “Ijazz” Ribeiro. E você pode ter desconto, pagando apenas R$ 19 de couvert artístico! Basta se cadastrar no menu ao lado e aguardar o flyer promocional. Chame os amigos, que também podem se cadastrar para ganhar o desconto. Royal Flush A Royal Flush foi formada pelo veterano baterista de blues Leonardo Uzunian e os músicos de rock Luiz Ribeiro (voz), Lucas Bittencourt (guitarra) e Rafael Guedes (baixo). Disso resultou um repertório de clássicos de artistas como Eric Clapton, Robert Cray, Joe Cocker, The Commitments e Doobie Brothers. Artur Menezes Apesar da idade (24 anos), o guitarrista já é um dos maiores nomes do blues no nordeste, e também um dos melhores artistas do gênero surgidos no Brasil nos últimos anos. Ele tem dois CDs lançados, um com seu trabalho solo e outro com a banda de que fazia parte, De Blues em Quando. Mas é no palco que se revela, com carisma e um som “pra cima”. Lounge jazz E Adriano “Ijazz” toca guitarra e sax, ao vivo, sobre bases eletrônicas. O som, suave e puxado ao jazz, é ideal para iniciar a noite, quando você está chegando ou aguardando os amigos. Dia: 19/04 (terça-feira) Local: Bourbon Street Music Club Endereço: R. dos Chanés 127, Moema – São Paulo Informações: heltonribeiro@terra.com.br ou (11) 5072-2765 / 8555-7702 (Helton Ribeiro - Blues’n’Jazz) Fone para reservas: (11) 5095-6100 (ATENÇÃO: Estes fones são apenas para reservas de mesas, as funcionárias informam sobre a promoção, horário dos shows etc.) Horário: 21:30 Couvert artístico mediante apresentação do flyer da Blues'n'Jazz ou nome na lista: R$ 19 Couvert artístico normal: R$ 38 ______________________ Publicado em 04/04/11 Fonte: Revista Blues n' Jazz
Thiago, Neto (Nutrilatina), Fernando e Lukinha, com Júlio Lucas (TdR)


A rapaziada do Blues in Off esteve mais uma vez nos estúdios da 105 FM para fazer um som ao vivo para os ouvintes do programa Tribos do Rock e bater um papo sobre as novidades que pairam no universo da banda.
Além da nova formação e do lançamento do CD promocional, também contaram a boa notícia de uma parceria comercial que deverá levar a banda a outras plagas.
Estiveram na roda de bate papo, Lukinha (guitarra, violão e voz), Thiago (guitarra e gaita) e Fernando Kiffer (bateria), recentemente integrado ao grupo. O disco promocional da banda traz o registro do show ao vivo realizado no 10º Encontro de Motociclismo, ocorrido em setembro de 2010, em Jequié, na Praça da Bandeira. Clássicos do blues, músicas do ícone do rock nacional, Raul Seixas e uma faixa autoral da Blues in Off estão no CD.
O programa contou com a escuta do pessoal do Distintivo Blues em conquista, que promoveu a retransmissão ao vivo do programa.
Também esteve no programa falando da parceria comercial com a banda e do produto da empresa que representa na região, Neto, coordenador da Nutrilatina, laboratório especializado em complementos alimentares.
Durante o Tribos do Rock, no sábado (9), foram sorteados brindes da Nutrilatina e CDs da Blues in Off para os ouvintes que participaram via internet ou por telefone. Neto chegou a revelar a intenção de levar o grupo para tocar no sul do país. Contamos com isso. Espero que esta parceria entre a banda e o produto fortaleça cada vez mais o trabalho de todos, sempre com a participação do público que gosta da boa música e de uma vida saudável.

O Tribos do Rock vai ao ar pela 105 FM todo sábado a partir das 20h, e pode ser ouvido via web através do site da rádio: www.105jequié.com.br

Fonte: Miscelânea
Celebrando um ano do Projeto “Segundas Jazz no Black Swan Pub”, o guitarrista Leandro Fortes apresenta novas composições, com influências de músicas do Brasil, da América do Sul, do Noroeste da África e do jazz norte-americano. Segundo o guitarrista, “as músicas têm muito espaço para a improvisação, deixando os instrumentistas livres para usar a sua criatividade e interpretação própria”. Leandro se apresenta com o sexteto formado por Gian Thomasi (sax tenor), Maycon de Souza (sax tenor), Pimenta e Tatu (piano), Rafael Calegari (baixo acústico) e Mauro Borghezan (bateria).

Vale destacar que vários integrantes do grupo são formados em Música pelo Centro de Artes da UDESC (Universidade do Estado de Santa Catarina). As apresentações ocorrem às segundas-feiras no Black Swan Pub e os shows têm início pontualmente às 21h00. Os ingressos custam R$ 10,00 (R$ 5,00 para estudantes).

O projeto “Segunda Jazz” no Blackswan Pub vêm chamando a atenção do público por apresentar uma proposta diferenciada. “Obtivemos lotação máxima na casa durante os 12 meses do Segundas Jazz”, conta o guitarrista, destacando que essa “é uma prova de que existe um público interessado em música instrumental, e que não é música pra músicos”. O projeto já contou com a participação de mais de trinta instrumentistas ao longo de um ano. Além da ter contado com a participação de músicos renomados residentes em Florianópolis, o projeto recebeu músicos de outras cidades como Rio de Janeiro, Joinville, Londrina, Itajaí, Curitiba e São Paulo, além de um convidado internacional, o guitarrista francês Xavier Desbordes – de Tolouse.

Leandro Fortes Sexteto
GIAN THOMASI – sax tenor
MAYCON DE SOUZA – sax alto
PIMENTA (dias 11 e 25) / TATU (dias 18 e 02) – piano
RAFAEL CALEGARI – baixo acústico
MAURO BORGHEZAN – bateria
LEANDRO FORTES – guitarra

Serviço:
O quê: “Segundas Jazz no Black Swan Pub”, Leandro Fortes Sexteto
Quando: 11, 18, 25 de abril, e 02 de maio às 21h00
Onde: Black Swan Pub – Rua Manoel Severino de Oliveira, 592 – Florianópolis
Quanto: de R$ 10,00 a R$ 5,00
Mais informações – www.leandrofortes.com

fonte: Núcleo de Comunicação do Centro de Artes da UDESC

http://lh3.ggpht.com/_cRjQsLGqPLE/TZyzQTSxG3I/AAAAAAAAANc/vFKupXMtXRk/s400/Arte-Home.jpg
Clique na imagem para ampliá-la.
http://images.orkut.com/orkut/photos/OgAAACOKVoG_OgoWg4WsmUIQb189d6BctJRxc_3RMgXc1MoVqXfse2mCPy6GXoReZ3Sf_CNDpY1iM_4Tq9giu3t8J0UAm1T1UGoV4_guYk1oCSia_xIlJRmiSaOj.jpg
Rodrigo Bispo, Camilo Oliveira, Rômulo Fonseca e I. Malforea


http://images.orkut.com/orkut/photos/OgAAAEoSF3-guMnwTFfn9EZeZ5NtXK7O2mCSej9S-Kc4IS57HOVjrMHX5vhrbeJtu7sKslfG_cx5hgFHebpmGKavRK4Am1T1UMgCIRy-NNmRqny6tcMMdyq5mRQh.jpg
Blue Jam seleciona bandas nordestinas de blues para coletânea

A Blue Jam Produtora, com sede em Vitória da Conquista-BA abre inscrições para bandas de blues nordestinas com o objetivo de produzir um CD-coletânea virtual com fins de divulgação.

O PROJETO

A idéia é que seja um CD virtual contendo 10 a 15 faixas, uma de cada artista, pra ser distribuído livremente e gratuitamente, com o objetivo de divulgar os próprios artistas e o cenário do blues nordestino. O CD terá capa e livreto-encarte, em formato de imagem JPEG e/ou PDF na mesma pasta, que será distribuída zipada.

CUSTO

Inicialmente o projeto seria de produzir um CD físico, porém, considerando a grande dificuldade financeira que acarretaria tal formato, comprometendo a qualidade do produto final, decidiu-se optar pelo formato de CD virtual. Na prática significa que o custo será ZERO para os artistas envolvidos.

DISTRIBUIÇÃO

A distribuição do produto final será necessariamente gratuita, por meio virtual. Caso algum dos artistas envolvidos deseje tornar o CD físico, será permitido, desde que assuma TODOS os custos de impressão, prensagem, etc., ou se associe a outros artistas envolvidos no projeto para realizá-lo. O valor de venda será livre, de acordo com os custos de cada iniciativa, e terão direito a lucro APENAS os artistas envolvidos no processo de conversão do projeto em meio físico (CD prensado ou queimado).

PRODUÇÃO

Todo o processo de produção será de responsabilidade da Blue Jam Produtora, incluindo material gráfico, web site, normalização e escolha da ordem das faixas, porém todos os artistas envolvidos são livres e bem-vindos a contribuir com suas opiniões e observações. O projeto não possui fins lucrativos diretos, isto é: a Blue Jam Produtora se reservará apenas o crédito da produção da obra como um todo, e não das músicas individualmente. Qualquer lucro financeiro será atribuído apenas aos que se dispuserem a tornar o CD físico, promovam shows de lançamento ou quaisquer outras formas permitidas de lucro.

RESTRIÇÕES

Apesar de possuir um caráter livre, os interessados devem atentar para algumas regras de participação: 1) Não será permitida a alteração em qualquer sentido, do produto final, isto é: material gráfico, textos, ordem das faixas, músicas, informações, etc. após a finalização do projeto. Para alterações anteriores à finalização basta enviar um e-mail à Blue Jam Produtora. 2) Não será permitida a retirada dos créditos do projeto. Todo o material relacionado deverá conter os devidos créditos e a logomarca da Blue Jam Produtora. 3) Não participarão da coletânea faixas cuja taxa de bits seja inferior à mínima estabelecida (vide próxima seção).

SELEÇÃO DAS MÚSICAS

Serão escolhidas até 15 faixas, uma de cada grupo, mínimo de 10 para finalizar o projeto. O principal critério é a boa qualidade, seja da própria canção em si, da gravação e do trabalho do artista como um todo. Não é interessante para o projeto incluir faixas de grupos que já não existem ou não possuem interesse em levar o próprio trabalho adiante, de forma séria e responsável. Deve-se ter em mente de que o blues de toda a região nordeste do país será representado no projeto. O grupo ou artista deve escolher a obra que melhor representaria seu trabalho numa coletânea. O formato poderá ser em .wav (desde que seja a máster da gravação, sem perda de qualidade), .wma ou .mp3(desde que a taxa mínima de bits seja de 256kbps). Faixas com taxa de bits abaixo da estabelecida sequer serão analisadas. Este critério mínimo de taxa de bits é importante para garantir a boa qualidade das faixas, caso sejam prensadas ou executadas em emissoras convencionais de rádio, evitando que uma faixa se torne inferior a outra no projeto. O projeto finalizado trará todas as faixas com a mesma taxa de bits e volume normalizado.

MATERIAL NECESSÁRIO

Além do arquivo contendo o áudio da música, obedecendo aos critérios mínimos de qualidade descritos acima, cada grupo deve enviar: uma foto grande do grupo, SEM qualquer logomarca ou texto; release atualizado; lista de integrantes; contatos (telefone, e-mail, cidade e estado); logomarca em formato .cdr (se houver); letra da música (se houver), autores, ano de gravação, produtor, estúdio de gravação, álbum onde foi lançada a faixa, e quaisquer outras informações que julgar necessárias. Links para sites oficiais dos grupos (incluindo sites como Myspace, Palco Mp3, etc.) também são indispensáveis.

PRAZO

Os artistas têm até o dia 10 de abril de 2011 para enviarem material.

Prazo prorrogado até o dia 10 de maio de 2011!

E-MAIL PARA CORRESPONDÊNCIA

Todo o material e manifestação deverão ser enviados ao bluejamprodutora@gmail.com

Não há outra forma de contato oficial fixa senão esta.

OBSERVAÇÕES

O livreto-encarte será em formato específico e direcionado à exibição em computadores. Caso haja o interesse de convertê-lo ao formato de encarte para CD físico deve-se solicitar por e-mail à Blue Jam Produtora, que será a única autorizada a realizar alterações e conversões em todo o material gráfico produzido.

O projeto contará com website próprio, contendo link para download e informações sobre todos os artistas envolvidos. A administração do site será de responsabilidade única da Blue Jam Produtora, podendo haver alterações, a pedido dos artistas, de forma livre.

Não serão aceitas para este projeto músicas de bandas que não residam na região nordeste do país, entretanto aceitaremos material de outras regiões para projetos futuros e semelhantes relacionados a outras regiões. Para tanto, basta informar no e-mail este objetivo.

Data de publicação: 17 de fevereiro de 2011