glu

Dezembro 2012


Aumente o som, puxe a cordinha e caia no blues!

Distintivo Blue - Little Wing

Primeira faixa do último show da Distintivo Blue, no dia 14/12/2012, praça Barão do Rio Branco, Vitória da Conquista-BA.

Entenda a parada do grupo: CLIQUE AQUI

Aproveite e clique em "MP3" para baixar todas as músicas de graça!

Camilo Oliveira - guitarra
Rômulo Fonseca - guitarra
I. Malforea - voz
Rodrigo Bispo - contrabaixo
Wesley Lima - bateria
Horton Macedo - sax
Daniel Novaes - trompete
Paulinho do Trombone

Vídeo por Lôro Borges (Ladrões de Vinil)


Muitos não acreditam no famoso apocalipse maia que irá acontecer no dia 21 de dezembro de 2012, eu sou um dos que não acredito, mas não custa nada tomar certas precauções. Como não sei se essa será minha última coletânea, separei o que de melhor tem no Brasil (pelo menos do conheço) quando o assunto é Southern Rock, Blues e Country e suas vertentes.

Essa é uma parceria com a rádio Original Southern Spirit Music do Arthur Müller, que criou a capa. Em breve vocês poderão escutar todas as faixas em um programa especial na rádio.


As três primeiras edições da Southern Rock Brasil Collection são sucesso absoluto e é muito bacana receber um feedback positivo dos leitores e das bandas, espero que continue assim. Lembrando que todas as canções presentes nessa coletânea foram disponibilizadas pelas bandas de forma gratuita na internet ou autorizadas pelas próprias, nada ilegal, tudo legal!

São 23 músicas de 23 bandas e 83 minutos de música boa feita aqui em nosso país. Lembrem-se, só existe uma regra comum em nossas coletâneas: a variedade musical!

Eis as músicas que vocês irão escutar nessa coletânea:

01 - Que Miras Chicón - Arríba Jorge

02 - Distintivo Blue - Na Trilha do Blues
03 - Hellbilly Rebels - A Tale of Dixie
04 - Redfoot - Song for You
05 - Blüe Barrel - Set to Perish
06 - O Berço - Insisto
07 - Diablo Fuck Show - Hell City
08 - Facção Caipira - Blues pra Lá de Rock n' Roll
09 - Fabulous Bandits - A Vingança
10 - Banda .50 - Suor e Sangue
11 - Covil do Lobo - Covil do Lobo Batuta
12 - Mendigos Blues - Mendigos Blues
13 - Cracker Blues - Blues 56 - Lobo Do Mar
14 - Old Stuff Trio - Rooster Brown Joe
15 - BraveHeart - Real
16 - Caio Corsalette & Dollar Furado - Soco Na Cara
17 - O Bando do Velho Jack - Cavaleiro da Lua
18 - Hellgrass - Hellgrass 
19 - Balde de Sangue Country Bar - Jessy Joe e o Tiroteio
20 - Bico Fino Brothers Band - Riding Through The Highway 
21 - Zamat Blues Band - Ninguém É De Ninguém
23 - Rodrigo Haddad - Good Ride Cowboy 





“Por um punhado de blues” é uma Opera Blues com Maurício Winckler. É um longa metragem que põe pra tocar junto o documental, a ficção e o videoclipe. É uma viagem visual/musical/experimental/alucinógena/erótica sobre uma jornada e seu herói.
Roteiro e Direção - Renato Cabral

Produção e Arte - Pedro Yoshi
Fotografia - Artur Graciano, Cris Adonis, Renato Cabral e Roberto Chacur
Montagem, edição e finalização - Luis Felipe Pimenta
Trilha Sonora - Black Jack 21 Blues Band e Maurício Winckler.



Sugerido por Lucas Rinor
Registre nosso último show e ganhe CDs

Por I. Malforea

Amigos Joes de todo o Brasil, conforme anunciamos, hoje é nosso último show enquanto "banda de Vitória da Conquista-BA". Provavelmente passaremos um ou dois anos inativos até que possamos reerguer a banda numa cidade mais propícia ao blues no país.

O show será no Festival Avuador, no extremo centro da cidade, aberto ao público, que é o melhor jeito de se tocar, em nossa opinião. A banda completa estará presente, com seus oito integrantes e esperamos proporcionar uma boa apresentação a vocês, nos 40 minutos que temos de limite.

A novidade é que precisamos de muitas imagens, em forma de fotografia e vídeo. Então, se você tem uma câmera e for fã da DB, leve para o show e registre o máximo que der. Depois, entre em contato conosco pelo contato@distintivoblue.com para que combinemos uma forma de buscar esse material. Todas as fotos e vídeos poderão ser usados futuramente de alguma forma, seja no álbum de fotos oficial da banda na web, ou mesmo como fotos de divulgação oficiais ou parte de um documentário. Claro, o devido crédito sempre será dado.

Os autores das melhores imagens ganharão CDs autografados e outras vantagens, ao longo do tempo. Queremos a participação ativa de vocês em nosso show de despedida. Um grande abraço, e nos vemos à noite na praça Barão do Rio Branco.


Para os que quiserem adquirir nossos CDs, levaremos o Máfia da Mortadela Vol. 1 e 2 (R$10,00) e Release (R$8,00). Estarão conosco e também na loja da rede Motiva. A última edição da BLUEZinada! também estará disponível.


SERVIÇO:
Festival Avuador - Último Show da DB
Local: Praça Barão do Rio Branco, Vitória da Conquista-BA
Horário: 20h (seremos a segunda atração da noite)
Mais informações: CLIQUE AQUI


Dave Brubeck em 1956 e em 2002 (Foto: AP)
Dave Brubeck em 1956 e em 2002 (Foto: AP)

Dave Brubeck, pianista de jazz norte-americano, morreu aos 91 anos na manhã desta quarta-feira (5), segundo informações da agência Associated Press. Brubeck faria 92 anos na quinta-feira (6).
Ele morreu de insuficiência cardíaca quando estava indo visitar seu cardiologista com o filho Darius, de acordo com Russell Gloyd, empresário do pianista.
A carreira de Dave Brubeck começou em 1951, quando ele formou o The Dave Brubeck Quartet. O pianista foi o primeiro músico de jazz moderno a ser retratado na capa da revista "Time", no dia 8 de novembro de 1954.
Entre seus trabalhos mais importantes está "Time out", de 1954, o primeiro disco de jazz a vender um milhão de cópias. O álbum conta com "Blue Rondo a la Turk" (ouça) e "Take five" (ouça), duas das músicas responsáveis pela fama de Dave Brubeck.
Nascido na cidade de Concord, na Califórnia, em 6 de dezembro de 1920, Dave Brubeck tinha planos de se tornar fazendeiro como seu pai. Ele frequentou a faculdade do Pacífico (atualmente Universidade do Pacífico) em 1939 com a intenção de se formar em medicina veterinária. Com um ano de estudos, porém, ele começou a se voltar para o universo musical. Se formou em 1942 e foi convocado pelo Exército, onde serviu principalmente como músico.
Após servir na Segunda Guerra Mundial, Brubeck formou um octeto que incluía Paul Desmond no sax alto, Van Dave Kreidt no sax tenor, Cal Tjader na bateria e Bill Smith no clarinete. O inovador álbum "Dave Brubeck Octet" foi gravado e lançado em 1946. Mais tarde, o grupo evoluiu para um quarteto que se apresentou em faculdades e universidades.
O primeiro trabalho do quarteto foi "Jazz at Oberlin", gravado ao vivo na faculdade Oberlin em 1953. Nos anos posteriores Brubeck compôs para óperas e balés, sem nunca deixar de lado sua carreira como pianista.
Com a mulher Iola teve cinco filhos e uma filha. Quatro deles — o trombonista e baixista Chris, o baterista Dan, o tecladista Darius e o violoncelista Mateus — tocaram com a Orquestra Sinfônica de Londres em dezembro de 2000, em homenagem a Brubeck.
Fonte: G1


Clique na imagem para aumentar. Compartilhe!

Por Marcelo Lopes

Há três anos integrando a programação de final de ano o Festival Avuador (nome sugestivo, inspirado no biscoito “avuador” produzido em Vitória da Conquista), é mais um exemplo dos bons circuitos alternativos de música que vieram pra ficar no município.

No seu primeiro ano (2010) a iniciativa atraiu 900 pessoas para três atrações locais e o grupo Radiola, de Salvador. Em 2011, o projeto tomou nova dimensão e alcançou mais de 3,3 mil espectadores para ver 10 apresentações e participar de duas oficinas: entre os artistas participantes estavam a Banda Eddie, Lucas Santana, O Círculo, Retrofoguetes e outros nomes representativos da música da Bahia.


Realizado pela Maquinário Produções em parceria com o Circuito Motiva e Catrupia Produções (executora local), a edição 2012 do Festival Avuador – música e processos colaborativos acontece na cena musical conquistense, entremeando o Festival Suiça Bahiana (Arena Mira Flores / 07 e 08 de Dezembro) e o Natal da Cidade (15 a 25 de Dezembro), trazendo na sua grade atrações de peso para o espaço da Praça Barão do Rio Branco, nos dias 13 e 14: Karina BuhrCuruminSibaBaiana SystemDistintivo Blue,Paulo GabiruPauloMacedo e Cinco Contra Um.

O Festival tem o patrocínio da Conexão Vivo e da SECULT/FazCultura e apoio da Prefeitura MunicipalSESC,IBahiaInstituto Mandacaru e Uesb.

Não percam!